1º ao 5º ano : LÍNGUA PORTUGUESA – Atividades de leitura e interpretação de textos –

Siga nossas Redes Sociais

 

 

O alfaiate valente

Certa vez, existiu um alfaiate modesto e trabalhador que fazia ternos muito bem e que tinha muitas encomendas feitas pelos mais exigentes habitantes da região. Era verão, e havia uma grande quantidade de moscas que zumbiam ao seu redor, molestando e interrompendo, a todo momento o seu trabalho.

O alfaiate não aguentou a amolação e sua irritação foi tanta que sem pensar deu-lhes um tremendo golpe, com uma das finas telas que usava na preparação de um traje. Foi tão certeiro o golpe que eliminou sete moscas de uma vez.

O alfaiate, ao perceber o resultado de seu golpe, ficou surpreso consigo mesmo e resolveu confeccionar um traje muito especial, feito de tela metálica e ainda bordou um escudo no peito em que se qualificava como “Mata Sete”, sentindo-se muito orgulhoso.

Com seu elegante traje, o alfaiate saiu a correr as cidades e vilas exibindo um porte de cavaleiro, criando assim sua fama de valente e invencível. Todos assim que o viam sentiam medo dele, pensando que o terrível guerreiro havia eliminado sem piedade sete de seus inimigos ao mesmo tempo e ninguém se atrevia a perguntar a razão de tal proeza.

A fama do alfaiate chegou aos ouvidos do rei, que mandou que ele fosse chamado e lhe ofereceu uma grande recompensa e ainda a mão de sua filha em casamento, caso ele conseguisse eliminar dois terríveis gigantes que estavam aterrorizando toda a região do norte do reino, destruindo tudo que encontravam em seu caminho. Era necessário agir rápido, pois estavam se aproximando mais e mais do castelo.

O valente alfaiate prometeu terminar facilmente com os terríveis gigantes e marchou em sua busca. Em poucos dias, ele encontrou os gigantes dormindo placidamente debaixo de uma enorme árvore, aproveitou-se para subir em seus galhos e lançar dali pedras na cabeça de um deles, a ponto de quase despertá-lo, momento em que ficaria bravo sem saber quem o acertara e de onde teriam vindo os golpes.

Realmente o plano do valente alfaiate funcionou como ele planejara, porque o gigante acreditou que havia sido o seu companheiro quem atirara as pedras enquanto ele dormia, o que provocou tremenda discussão e briga entre eles. Brigaram por mais de sete horas, jogando ora um ora outro no chão, causando tanto estrondo, como se estivesse acontecendo um terremoto.

Depois, de tão terrível que fora a briga, os dois gigantes desmaiaram, caindo fulminados, um ao lado do outro. O alfaiate valente desceu da árvore e certificou-se de que os devastadores gigantes não voltariam a incomodar ninguém.

Deu mostras de sua fama e valentia subindo sobre seus corpos, comprovando que seu título de “Mata Sete” era uma realidade…

GRIMM, Jacob; GRIMM, Wilhelm. O alfaiate valente. São Paulo: Paulinas, 1993. P. 5-12

Questões

  • Qual é o título do texto?

 

  • Quantos parágrafos há no texto?

 

  • Quem é o autor do texto?

 

  • Quem é o personagem principal da história?

 

  • Qual problema o verão trouxe para o verão?

 

  • De que maneira o alfaiate resolveu seu problema?

 

  • Em sua opinião o que levou o alfaiate a confeccionar um traje de cavaleiro, após matar as moscas? O que você pensa sobre a atitude dele?

 

  • A fama do alfaiate foi tamanha que chegou ao conhecimento do rei. O que o rei queria com o alfaiate?

 

  • O que o alfaiate fez para derrotar os gigantes?

 

  • Agora é sua vez crie um final para essa história (tem que ter no mínimo 10 linhas):

 

———————————————————————

TEXTOS E INTERPRETAÇÃO DE ENSINO RELIGIOSO

 

COMPARTILHE:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Há escolas que são gaiolas e há escolas que são asas…

…Escolas que são asas não amam pássaros engaiolados. O que elas amam são pássaros em vôo. Existem para dar aos pássaros coragem para voar. Ensinar o vôo, isso elas não podem fazer, porque o vôo já nasce dentro dos pássaros. O vôo não pode ser ensinado. Só pode ser encorajado. Rubem Alves

free hit counter